TRATAMENTO DE ESGOTO: MAIS SAÚDE PARA SUA FAMÍLIA E SUA COMUNIDADE

O Brasil figura entre os países com piores rankings de saneamento, segundo o Instituto Trata Brasil. Esse atual déficit no setor de saneamento brasileiro está associado a uma carência histórica de investimentos na área. Em geral, setores de infraestrutura exigem investimentos elevados e de retorno demorado, assumindo características de monopólio natural.

O saneamento básico, conforme explica o secretário de Saúde de Bombinhas, Antônio Augusto Penteado, é promovido não só pelo esgotamento sanitário, mas também pelo tratamento e distribuição da água, assim como o manejo das águas pluviais e dos resíduos sólidos. Para ele, o saneamento afeta de forma positiva na vida dos moradores, trazendo benefícios para a saúde e meio ambiente.

“A ausência desses serviços pode colocar em risco a qualidade de vida das pessoas e causar muitas doenças, como a própria diarreia, infecção gastrointestinal, hepatite, dengue, rotavírus, leptospirose”, explica o secretário. “Em Bombinhas, por exemplo, desde que a concessionária assumiu as atividades, notamos uma queda expressiva nos casos de doenças gastrointestinais, muito disso em razão da qualidade da água que é distribuída aos moradores”, completa.

Não somente na saúde, mas os benefícios para quem se conecta à rede de esgoto podem ser notados também no meio ambiente, na área do turismo e até mesmo na produtividade do trabalhador. Ainda de acordo com Antônio, esta sensibilização em relação ao saneamento, e consequentemente ao esgotamento, parte principalmente da gestão municipal – o que já vem ocorrendo em Bombinhas.

Atualmente a concessionária Águas de Bombinhas aguarda somente a emissão das licenças ambientais para dar início ao novo grande desafio da cidade: a implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto. Vale ressaltar que, após a conclusão do sistema, o morador é responsável por conectar as tubulações de pias, tanques, vasos sanitários e ralos internos à rede pública de esgoto, instalada pela concessionária.

“Temos muito orgulho em fazer parte da história do município. Já construímos uma nova realidade no que se refere ao abastecimento, agora é a vez do esgotamento sanitário. O sistema é fundamental para a promoção da saúde, desenvolvimento sustentável e proteção ambiental”, destaca a presidente da Águas de Bombinhas, Reginalva Mureb.


Source link

Facebook Comentários

Iniciar conversa
Vamos anunciar?