TECNOLOGIA E INOVAÇÃO GARANTEM O SUCESSO DO ABASTECIMENTO NESTA TEMPORADA DE VERÃO EM BOMBINHAS

Você sabia que nesta temporada de verão a Águas de Bombinhas captou e tratou mais de 334 dezenas de milhões de litros de água? Para se ter uma ideia, isso corresponde a mais de 130 piscinas olímpicas. Os registros, feitos entre os dias 09 de dezembro e 10 de janeiro, apontam um aumento de 7,8% a mais na distribuição de água em uma comparação com o mesmo período do ano passado.

Investimentos em diferentes frentes de trabalho, manutenções do sistema e muita tecnologia são os principais fatores que garantiram o sucesso no abastecimento deste verão. A Águas de Bombinhas se preparou ao longo dos meses para oferecer o melhor serviço aos moradores e turistas, e a modelagem hidráulica foi uma destas ações realizadas.

Conforme o diretor executivo da empresa, Gabriel Buim, a modelagem hidráulica nada mais é do que um software que cadastra todos os detalhes da rede de abastecimento: consumo médio dos clientes, o comportamento da rede e das tubulações, monitora o crescimento da cidade, a quantidade de ligações existentes, etc.

“Refizemos a modelagem em Bombinhas antes do início do verão e isso nos trouxe informações atualizadas sobre a pressão do sistema. O software nos dá uma visão geral sobre as necessidades do município, os horários de pico no abastecimento e os bairros que exigem mais pressão”, explica ele.

A modelagem hidráulica faz parte das ações do Centro de Controle Operacional (CCO), que monitora a cidade 24 horas por dia. Esse monitoramento constante também é o responsável pela redução de perdas de água tratada na cidade. Atualmente, Bombinhas possui apenas 15% de perdas, um número muito abaixo da média nacional, que gira em torno de 38% conforme o instituto Trata Brasil.

“Com certeza a somatória de todas estas ações resultou no excelente desempenho da temporada de verão. A redução de perdas é uma grande vitória para a cidade, lembrando que cada metro cúbico de água que deixamos de perder, é um metro cúbico a mais que vai para a casa dos moradores”, completa.

Estações de Tratamento de Água

O investimento de mais de R$50 milhões na nova Estação de Tratamento de Água de Bombinhas sem dúvidas foi um marco histórico para a cidade. Inaugurada há pouco mais de dois anos, a estação e todo o novo sistema vem fazendo a diferença no abastecimento. Contudo, a Estação de Tratamento de Zimbros (antiga estação de água da cidade) também merece destaque.

 

Conforme o coordenador de operações Gabriel Balparda Fasola, o período de chuvas permitiu que a estação – que tem um tamanho e capacidade menores – conseguisse operar muito bem durante a temporada.

 

“A ETA Zimbros foi responsável pela distribuição de 44 milhões de litros de água, representando um impulso importante para as residências daquela região. Em uma comparação com a última temporada tivemos um aumento de 34% na captação e tratamento desta ETA, um resultado bastante significativo”, completa.


Source link

Facebook Comentários

Iniciar conversa
Vamos anunciar?