Promessas para 2019: cinco jogos que devem fazer sucesso nos esports

Fortnite e PUBG estão entre os jogos com potencial competitivo para 2019

0

Jogos como DotA 2Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO)League of Legends (LoL) são gigantes dentro dos esports e têm torneios mundiais milionários e ligas estruturadas.

Mas o cenário dos games competitivos está em crescimento, e títulos novos investem cada vez mais na cena.

Pensando nisso, o TechTudo selecionou cinco jogos que prometem roubar a cena nos esports em 2019.Confira!

Fortnite

Fortnite caiu na graça dos jogadores e até de figuras famosas no ramo da música e dos esportes — Foto: Divulgação/Epic Games

 

Fortnite é uma febre mundial e tem milhões de jogadores ativos. Além do seu sucesso no casual, o game foi uma grande surpresa nos esports em 2018.

Epic Games, desenvolvedora do game, investiu cifras altas no competitivo do Battle Royale neste ano.
As eliminatórias da competição começaram em 2018, mas o seu evento principal ficou para 2019. Diante de tanto sucesso (e investimento), Fortnite promete ser um dos grandes nomes dos esports no ano que vem.

Artifact

Artifact mostra potencial para ser mais um jogo de cartas de destaque nos esports — Foto: Divulgação/Valve

 

Baseado no universo de DotA 2, o jogo de cartas Artifact, da Valve Corporation, foi anunciado com a promessa de ser concorrente direto de Hearthstone, da Blizzard Entertainment.

No entanto, o beta do jogo vem sofrendo algumas críticas dos jogadores por seu preço e por ter cartas pagas.

Apesar disso, a Valve já mostrou que está disposta a apostar nos esportes eletrônicos com seu game, que tem data de lançamento para o dia 28 de novembro de 2018.

A começar pelo rápido anúncio de um torneio com investimento de mais de US$ 1 milhão (cerca de R$ 3.8 milhões), que acontecerá nos primeiros meses de 2019.

Portanto, caso Artifact conserte seus erros e conquiste mais jogadores, pode ser um rival à altura de Hearthstone.

Super Smash Bros. Ultimate

Novo game da franquia pode bater recordes em competições — Foto: Divulgação/Nintendo

 

Super Smash Bros. Ultimate, com data de lançamento prevista para o dia 7 de dezembro de 2018, promete ser outro grande nome para 2019.

Jogadores profissionais de Super Smash Bros. for WiiU, como Gonzalo “Zero” Barrios, Jestise “MVD” Negron e Jason “ANTi” Bates, acreditam que a nova versão do game vai superar o anterior e também agradará os fãs de Super Smash Bros.

Melee (2001) ao misturar mecânicas antigas com as novas. Com as duas comunidades da franquia da Nintendo unidas, os torneios do game podem bater recordes de inscritos.

Soul Calibur VI

Soul Calibur VI chegou surpreendendo tanto jogadores veteranos como aqueles que nunca havia se arriscado na franquia — Foto: Divulgação/Bandai Namco

 

Lançado em outubro de 2018, Soul Calibur VI chegou com uma proposta bem diferente de seu antecessor.

Como Soul Calibur V não teve o destaque esperado nos esports, a Bandai Namco parece preocupada em investir no competitivo.

Assim, com pouco tempo de vida, o game já marcou presença em grandes torneios de jogos de luta, como a DreamHack Atlanta, o SoCal Regionals 2018 e o SEA Major.

O bom número de participantes nos eventos mostra que o título está sendo bem recebido pela comunidade em geral.

A desenvolvedora também deseja criar um circuito mundial em 2019, semelhante ao visto em jogos como Tekken 7 e Street Fighter V.

Se o projeto der certo, o game também pode estar na line de eventos ainda maiores em 2019, como a própria Evolution Championship Series (EVO).

PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG)

PUBG promete bastante em sua temporada competitiva de 2019 — Foto: Divulgação/PUBG Corp

 

PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG) é outro game Battle Royale que poderá se destacar nos esportes eletrônicos em 2019.

No começo de novembro, a PUBG Corp anunciou a criação de ligas regionais, com regras padronizadas, e um campeonato mundial para o ano que vem.

A empresa julgou como sucesso a temporada do game em 2018, em especial graças ao PUBG Global Invitational, e pretende elevar seu jogo para um novo nível.

Entre as regiões citadas pela PUBG Corp, estão a América do Norte, Europa, Coreia do Sul, Japão e China com suas respectivas ligas.

América Latina, Sudeste Asiático e Oceania não funcionarão em sistema de ligas, mas terão circuitos abertos para as equipes dessas regiões.

Além disso, a premiação total inicial do campeonato mundial de 2019 já foi anunciada e será de US$ 2 milhões (cerca de R$ 7.6 milhões), número esse que pode aumentar até o dia da competição.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Fonte: techtudo

Por Victor de Abreu, para o TechTudo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.