Porto Belo registra aumento nos casos de dengue

Por Isabele de Souza Silva

Com o crescimento excessivo de números de casos de dengue, 2022 tornou-se o ano com mais mortes pela doença na história de Santa Catarina. Segundo o informe epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), até o mês de maio, foram registrados mais de 59 mil casos confirmados e 61 óbitos em decorrência da doença. Desde janeiro, o Governo do Município de Porto Belo através da Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica vem acompanhando os números e casos no município e a equipe técnica realizando um trabalho de prevenção e conscientização com a população.

Até o momento, foram registrados 82 casos de dengue e mais de 460 focos do mosquito no Município de Porto Belo. Para a coordenadora da Vigilância Epidemiológica Patrícia de Araújo, a equipe técnica tem passado pelas residências e empresas alertando a população e realizando vistorias. “O combate à dengue depende de cada um de nós e o resultado vem de pequenos hábitos no dia a dia. O Governo Municipal tem atuado na fiscalização de terrenos baldios, notificando proprietários e solicitando a limpeza, mas existem uma grande quantidade de focos nas residências. A equipe técnica tem realizado visitas e vistorias, alertando os moradores sobre os cuidados em torno das residências, principalmente em jardins e objetos acumulados” – explica.

 O mosquito Aedes Aegypt, transmissor da dengue, necessita de água parada para a reprodução. Após a eclosão dos ovos, as larvas do mosquito levam em média 10 dias para se adulto. Para evitar o aumento de números de casos e focos de dengue, é preciso tomar cuidados simples, como esvaziar recipientes que possam acumular água parada, como vasos de plantas, pneus, tampinhas de garrafas, latas e até mesmo, recipientes de água dos pets. Também é preciso evitar o acúmulo de materiais descartáveis, tratar adequadamente a piscina com cloro, manter lixeiras tampadas, limpar as calhas, manter caixas d’água tampadas e guardar pneus em lugares secos e cobertos.

 A dengue não é transmitida por meio do contato com pessoas doentes, nem por meio de água ou alimentos contaminados, mas sim pela picada do mosquito, por conta disso, dificilmente as pessoas percebem quando acontece a transmissão. Entre os principais sintomas da doença destacam-se a febre maior que 38,5°C, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal-estar, náuseas e vômitos, moleza no corpo, cansaço extremo e manchas vermelhas no corpo.


Source link

Facebook Comentários

Vamos anunciar?