Lei Aldir Blanc em Camboriú dá aporte a documentário sobre história do tortei no município – Prefeitura de Camboriú

Com o aporte da Lei Aldir Blanc, cujo repasse no município é feito por meio da Fundação Cultural de Camboriú, um documentário foi produzido com o objetivo de homenagear um típico prato da culinária do município, o tortéi. A iguaria tem origem na tradição antiga e popular de massas recheadas do norte da Itália, sendo trazida ao município durante a colonização italiana, no século XVIII. 

Intitulado “Uma Dúzia”, a produção, que tem cerca de 15 minutos de duração, foi realizada pela camboriuense Fernanda Duarte. A cineasta também é diretora do documentário “A Cidade da Pedra”, que homenageia os broqueiros, uma das profissões mais antigas do município. “Como moradora da cidade de Camboriú há 22 anos, desde sempre vivenciei a tradição do consumo do tortei em festas e datas comemorativas, mas sentia falta de materiais audiovisuais que compartilhassem essa história. Buscamos assim, criar um registro dessa tradição tão marcante para a cidade”, destacou Fernanda.

O documentário, aborda a história de Angela Maria de Souza, natural de Camboriú e que há décadas trabalha na produção e venda de tortéi. O objetivo é conhecer a relação da personagem com essa tradição, assim como a passagem do conhecimento entre as gerações da sua família. Para as etapas de pré, produção e pós-produção, foi mobilizada uma equipe de 10 profissionais. 

“Com a conclusão do documentário, como contrapartida social da Lei Aldir Blanc, a obra será exibida de forma gratuita aos alunos das escolas municipais de Camboriú, onde será explicado o processo de produção do filme”, explicou a presidente da Fundação Cultural, Eliane Ribeiro de Oliveira.


Source link

Facebook Comentários

Vamos anunciar?