Lava Jato em SP denuncia Lula por R$ 1 mi em lavagem de dinheiro

A força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo denunciou nesta segunda-feira (26) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo crime de lavagem de dinheiro.

A denúncia aponta que o ex-presidente, usufruindo de seu prestígio internacional, interferiu em decisões do presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, que resultaram na ampliação dos negócios do grupo brasileiro ARG no país africano.

Em troca, o presidente recebeu 1 milhão de reais mascarados como doação da empresa ao Instituto Lula.

Além de Lula, o MPF também denunciou o controlador do grupo ARG, Rodolfo Giannetti Geo, por tráfico de influência em transação comercial internacional e lavagem de dinheiro.

Os fatos ocorreram entre setembro de 2011 e junho de 2012. Como Lula é maior de 70 anos, o crime de tráfico de influência prescreveu em relação a ele, mas não para o empresário.

Facebook Comentários

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.