Em sete dias mais de 4 mil banhistas foram queimados por águas-vivas na região

Diversas pessoas tem registrado a presença de águas-vivas nas praias

Turistas que estão curtindo as praias de Porto Belo e de toda região estão encontrando diversas águas-vivas e caravelas no mar.

Neste domingo (29), algumas pessoas notaram a presença desses animais em alguns pontos da Meia Praia. 

A presença das águas vivas, conhecidas também como da espécie caravelas portuguesas, já foi bastante registrada no mês de novembro na Costa Esmeralda.

Já em outras cidades também foram contabilizado a diversas ocorrências. Nas praias da região do 7º Batalhão de Bombeiros Militar, que abrange a região de Itapoá e Itajaí, foram 4.683 lesões causadas em sete dias, segundo divulgou o Diarinho. 

O número foi contabilizado desde o início da temporada de verão, no dia 22 de dezembro, até este domingo.

As praias que apresentam o maior índice de lesões por águas-vivas e caravelas São Francisco do Sul, Itapoá e Penha.

“Em decorrência do clima, dos ventos e das correntes marítimas, estes seres se aproximam da costa e podem causar lesões nos banhistas que acabem em contato com elas”, explica a nota dos bombeiros.

 

 

Fonte : Visor Notícias

 

*Com informações do Diarinho 

Facebook Comentários

Iniciar conversa
Vamos anunciar?
Powered by