Em 72 horas, Balneário Camboriú registra 187 milímetros de chuva

imagem07-04-2020-00-04-54
imagem07-04-2020-00-04-54

Nas últimas 72 horas, segundo boletim divulgado pela Defesa Civil, choveu 187 milímetros em Balneário Camboriú – a média histórica já registrada no mês de fevereiro foi de 209 milímetros. O alto índice de precipitação ocasionou alagamentos em diversos bairros e no centro do Município nesta quinta-feira (6). 

Desde então equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Obras, Inclusão Social e Fundo Municipal de Trânsito (Fumtran) estão nas ruas ajudando os moradores e organizando as ruas e avenidas. Uma força-tarefa, coordenada pela Secretaria de Obras, foi montada para limpar as vias – o trabalho começou cedo, ainda na madrugada. Nesta sexta-feira (8), a Defesa Civil mantém o monitoramento dos rios, principalmente no Rio das Ostras e Rio Peroba. 

Atendimento à população

Na quinta-feira (6), assim que a água baixou, equipes da Defesa Civil visitaram moradores no Bairro dos Estados – profissionais da Secretaria de Inclusão Social acompanharam o atendimento, verificando se havia algum problema ou necessidade urgente. 

Apesar do grande volume de chuva, houve poucos relatos de casas alagadas, conforme a Defesa Civil. Ao todo, oito residências foram atingidas (ou seja, a água adentrou dentro do imóvel). A maioria dos chamados foi referente a problemas no trânsito, devido aos congestionamentos. 

De acordo com Fabrício Melo, a equipe da Defesa Civil, junto com engenheiro civil, registrou as seguintes ocorrências: queda de muro (Ruas Irã e Machado de Assis), deslizamentos (Rua Itália, Avenida do Estado e Rua Eduviges Diogo Ramos ), queda de árvores (Ruas Henrique Mescke, Diná de Queiroz, Av. do Estado, Laranjeiras, Praça do Pescador e na área central). 

“Atendemos as ocorrências com engenheiro civil durante toda a noite de quinta-feira, estedendo os trabalhos até as 0h. Na madrugada ficamos com sobreaviso, fazendo monitoramento dos alertas e da chuva”, declarou Fabrício.

Alerta para deslizamentos

Conforme boletim da Defesa Civil, o risco de deslizamentos aumentou em Balneário Camboriú: saiu do tensão para risco. Sendo assim, é importante que quem reside em morrarias fique atento a barulhos, estalos, rachaduras nas paredes das casas, e ainda, observe postes ou árvores inclinadas.

Nesse caso, se houver alguma dúvida é preciso avisar a Defesa Civil o mais rápido possível, pelos telefones 199, 193 (Bombeiros) ou 3268-3133. Além do alerta de deslizamentos para esta sexta-feira (8), há também previsão de chuva forte a moderada, ou pontualmente forte nas próximas horas.  

Previsão do tempo

Nesta sexta-feira (7), a Defesa Civil divulgou um boletim especial de previsão de tempo. As condições até dia 10 de fevereiro, segunda-feira, se mantêm instáveis para toda a faixa leste do Estado de Santa Catarina. O boletim informa ainda que as condições estão sendo influenciadas pelo transporte de umidade do mar em direção ao continente. Por isso, são esperadas chuvas a qualquer hora do dia, por vezes de maneira intensa num curto intervalo de tempo e por vezes, com aberturas de sol. 

No sábado (8), a previsão é apenas de tempo nublado com possibilidade de chuva fraca a qualquer hora do dia nas regiões citadas anteriormente. Já entre domingo (9) e segunda-feira (10), com o avanço de uma frente fria pelo litoral, a tendência é que o tempo instável volte a atuar no estado com riscos de temporais. Devido a esta condição, os modelos indicam precipitação intensa novamente entre Grd. Florianópolis e Litoral Norte na tarde e noite de domingo (9) e madrugada de segunda (10). 

Fonte: www.camboriunoticias.net/post/em-72-horas-balne%C3%A1rio-cambori%C3%BA-registra-187-mil%C3%ADmetros-de-chuva

Facebook Comentários

Iniciar conversa
Vamos anunciar?