Camboriú já aplicou 22.247 doses de vacina contra o Covid-19 – Prefeitura de Camboriú

A Secretaria de Saúde de Camboriú, por meio do Departamento Epidemiológico, informa que até segunda-feira, dia 21, já foram aplicadas 22.247 doses da vacina contra Covid-19, das 26.926 doses enviadas pelo Ministério da Saúde (MS). De acordo com o coordenador da Vigilância Epidemiológica, enfermeiro, Thiago Regiel Vilcinskas, 16.419 pessoas receberam a primeira dose e 5.828 pessoas já receberam a segunda dose da vacina até o momento, sendo elas do Instituto Butantã e da Fio Curz. Ao todo, foram imunizados no município: 2.438 profissionais de saúde, 158 idosos, acima de 60 anos de idades, residentes em instituição de permanência e 157 idosos acima de 90 anos de idade, 280 idosos acima de 85 a 89 anos idade, 767 idosos acima de 80 a 84 anos de idade, 1.562 idosos acima de 75 a 79 anos de idade, 2.614 idosos acima de 70 a 74 anos de idade, 4.181 idosos acima de 65 a 69 anos de idade, 2.731 idosos acima de 61 a 64 anos de idade, 1.518 pessoas com 55 e 59 anos de idade, 90 doses aplicadas profissionais das forças armadas, 204 foram aplicadas em caminhoneiro, 10 aplicadas em trabalhadores de limpeza urbana, 24 doses Síndrome de Down, 8 transplantados, 24 gestantes e puérperas comorbidades, 63 foram aplicadas em Deficiência Permanente BPC, 3.292 comorbidades 18 a 59 anos de idade. 15 foram aplicadas em gestantes/puérperas/lactantes e 1.546 professores.

É importante lembrar o mundo ainda vive uma pandemia, e mesmo que a pessoa receba a imunização ela precisa seguir todos os cuidados do protocolo de segurança em saúde, que visa evitar a proliferação do vírus.

Atenção dos Profissionais da Saúde

A Secretaria de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE), informa que continua sendo realizando o cadastro online, no site www.camboriu.sc.gov.br, dos trabalhadores que atuam na área da saúde no município, para que os mesmos possam receber as doses da vacina do Covid-19.
Após a realização do preenchimento de dados, os nomes dos profissionais entram em uma fila de espera online e conforme as doses são repassadas aos municípios, dessa forma é realizado o contato para agendamento do local e horário da aplicação. A vacina contra a COVID-19 para os profissionais da saúde em geral acontece perante apresentação de documento de identificação com foto, CPF, holerite, crachá ou documento que comprove vínculo empregatício no município.


Source link

Facebook Comentários

Iniciar conversa
Vamos anunciar?