27Maio2017

Notícias
Geral Casa sustentável é inaugurada em Blumenau

Casa sustentável é inaugurada em Blumenau

  • PDF

Uma parceria empresarial Ítalo-Brasileira trouxe a Blumenau um empreendimento inovador para a construção civil.

Trata-se da Casa Habitech, inaugurada nesta quinta-feira (6/4), ocupando uma área construída de 200 metros quadrados, que servirá de ponto de partida para pesquisas abertas a estudantes, entidades e profissionais do setor. Totalmente sustentável e tecnológica, foi construída com placas de madeiras e desenvolvida por engenheiros italianos, trazendo uma proposta diferenciada para o Estado. O modelo, que segue o conceito de construção a seco, dispensando o uso de água, é o primeiro protótipo europeu nas Américas. A montagem, feita por 16 técnicos italianos, durou cerca de 13 dias, sendo três para a montagem da estrutura e 10 para os acabamentos.

O projeto é resultado de uma parceria entre o Sindicato da Indústria da Construção de Blumenau (Sinduscon), Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) e o instituto italiano Habitech, com sede em Trento, na Itália. Durante a cerimônia de inauguração da Casa Habitech, palavras como inovação, amizade e futuro estiveram em destaque. Da comitiva italiana, Marco Predi, presidente do Habitech, declarou a emoção por ver o esforço de uma ideia iniciada em 2014 finalmente se concretizar. O entusiasmo, segundo ele, foi em ambos os países e o sucesso será certeiro.

Amauri Alberto Buzzi, vice-presidente do Sinduscon, que esteve à frente do projeto desde o início, destacou que a Casa Habitech propõe uma nova forma no conceito de construir, pensando em unidades de consumo e produção de energias geradas com baixo impacto ambiental, algo que ainda não se encontra no Brasil. "Agora vem a nossa maior responsabilidade, que é usar esse espaço de forma proveitosa oferecendo e estimulando palestras, workshops e estudos para nosso setor. A proposta é estimular o uso do sistema, adaptando-o para o setor da construção civil", comenta.

Em tom de agradecimento a todas as entidades e pessoas envolvidas, Renato Rossmark Schramm, presidente do Sinduscon Blumenau, destacou durante a cerimônia, todos que, no início, acreditaram na ideia do sindicato e o auxiliaram a trazer a Casa Habitech para o Brasil. "Houve a tomada de decisão de muitos. Dentro do Sinduscon, empresas e associados acreditaram na viabilidade desse projeto. Agradeço a todos", destacou Schramm.

A Fiesc, uma das grandes incentivadoras e apoiadoras da Casa Habitech, foi representada pelo vice-presidente da entidade, Mario Cezar de Aguiar, que reforçou: "esta obra trará benefícios para a coletividade. A Casa Habitech hoje é uma realidade. Atende ao atual modo de pensar a construção civil: projetar ações presentes que não comprometam as necessidades futuras". A Casa Habitech está instalada no Instituto Senai de Tecnologia e Inovação, na Rua Harry Pohfal, número 111, bairro Escola Agrícola, em Blumenau.

 

Sobre o Habitech

Com a estrutura toda em madeira maciça, a construção é de alta resistência ambiental e conta com tecnologia avançada, para captação de energia solar e controle de temperatura. O objetivo do projeto é disponibilizar um conjunto de soluções modernas a partir de Santa Catarina e expandir o mercado. Na Itália, uma edificação como esta representa economia média de 14%, se comparada com custo de construções convencionais, somando-se a isso a economia energética. Para viabilizar a construção em Blumenau, foram investidos cerca de 1 milhão de Euros.

 

Artigos Relacionados:

Rede Social Embaixo

Newsletter

Receba as novidades do Portal Costa Esmeralda Online em seu email.