22Junho2017

Notícias
Cadernos Atualidade Pela primeira vez em sua história, polícia da Islândia mata um suspeito
Escrito por 

Pela primeira vez em sua história, polícia da Islândia mata um suspeito

Homem com cerca de 50 anos estava ameaçando seus vizinhos com uma arma de fogo.Um homem foi morto a tiros pela polícia na Islândia nesta segunda-feira. A vítima é a primeira pessoa no país a ser morta em uma operação policial armada.

De acordo com informações de uma agência de notícias islandesa, o suspeito, que não teve sua identidade revelada, tinha em torno de 50 anos e estava ameaçando vizinhos com uma pistola num subúrbio de Reykjavik, capital do país.

A polícia foi chamada ao local e começou a retirar os residentes da vizinhança. Policiais disseram que tentaram, em vão, conversar com o suspeito para tentarem fazê-lo se entregar.

Depois, eles atiraram bombas de gás pelas janelas do imóvel onde o suspeito armado estava numa tentativa de imobilizá-lo. "Isso não funcionou e o homem começou a atirar pelas janelas", disse o chefe de polícia Stefan Eiriksson.

Por volta das 6 horas do horário local (4 horas em Brasília), uma equipe de elite invadiu o imóvel. O atirador abriu fogo e atingiu dois policiais, mas ambos estavam com coletes à prova de bala e passam bem.

A polícia reagiu e atirou no suspeito, que morreu pouco depois no hospital.

"A polícia lamenta este incidente e estende suas condolências à família da vítima", disse o chefe nacional da polícia, Haraldur Johannessen.

As forças policiais informaram que abriram uma investigação para apurar se a tropa de elite agiu em defesa própria. As armas usadas no episódio foram apreendidas até o final do inquérito.

Com uma população de 322.000 habitantes e taxas de criminalidade muito baixas, é raríssimo um policial islandês fazer uso de sua arma.



Administrador

Revista online de lazer e Entretendimento. 

Website.: www.costaesmeraldaonline.com.br
Entre para postar comentários

Rede Social Embaixo

Newsletter

Receba as novidades do Portal Costa Esmeralda Online em seu email.